Monthly Archives: Maio 2012

Understanding the problem

“Justice was never so demoralized as now”. Chief Damian Paridzané, from Marãiwatsédé. During a hearing at the House of Representatives, Dilma’s national secretary of social articulation, Paulo Maldos, acknowledged that a solution for the injustices that have affected the Xavante people from Marãiwatsédé during the past 46 years, can not be delayed. Understand why the […]

Para entender o problema

“Nunca a Justiça foi tão desmoralizada como agora”. Cacique Damião Paridzané, de Marãiwatsédé. Em audiência na Câmara dos Deputados, o secretário nacional de articulação social do governo Dilma, Paulo Maldos reconheceu que não dá mais para adiar uma solução para as injustiças que acometem o povo Xavante de Marãiwatsédé há 46 anos. Entenda por que […]

Conozca el problema

“Nunca la Justicia fue tan desalentadora como ahora”. Cacique DamiãoParidzané, de Marãiwatsédé. En audiencia en la Cámara de los Diputados, el secretario nacional de articulación social del gobierno Dilma, Paulo Maldos reconoció que no se puede atrasar más una solución para las injusticias que arremeten al pueblo Xavante de Marãiwatsédé desde hace 46 años. Entienda […]

Capire il problema

“Mai stata così demoralizzata la giustizia come adesso”. Damiano cacico Paridzané di Marãiwatsédé. In un’udienza alla Camera dei Rappresentanti, il Segretario Nazionale dell’Articolazione Sociale del governo Dilma, Paulo Maldos ha riconosciuto che non é piú possibile ritardare una soluzione delle ingiustizie che colpiscono la gente Xavante Marãaiwatsédé per 46 anni. Capisca per quale motivo la […]

Marãiwatsédé : I Xavante non possono aspettare altri 20 anni

Rappresentanti della etnia Xavante saranno presenti alla Rio+20 per esigere l’impegno del Brasile nella difesa delle loro richieste: devoluzione delle terre di Marãiwatsédé, che sono state invase e devastate da allevatori, nel bacino del Xingu e del Araguaia (MT). Nel 2012, le promesse di restituzione del territorio tradizionale dei popoli indigeni Xavante de Marãaiwatsédé completano […]

Marãiwatsédé: o povo Xavante não pode esperar mais 20 anos

Povo Xavante irá à Rio+20 para cobrar compromisso do Brasil na Rio92: devolução da terra Marãiwatsédé, invadida e devastada por fazendeiros nas bacias do Xingu e do Araguaia (MT). Em 2012, as promessas para devolução do território tradicional do povo indígena Xavante de Marãiwatsédé completam duas décadas. Durante a Rio92, a direção da empresa italiana […]

Marãiwatsédé: the Xavante people can’t wait another 20 years

The Xavante people will go to Rio+20 to demand that Brazil fulfills its promise from Rio 92: to return the indigenous land Marãiwatsédé to them, which has been invaded and devastated by ranchers. Its located in the basin of the Xingu and Araguaia rivers, in the Mato Grosso state. In 2012, the promise to return […]